Cadastre-se
Por
Postgrain
21/08/2017
às 15:00

Marketing de permissão: entenda o que e quais são seus benefícios!

Comerciais de TV interrompem a programação, anúncios no Youtube fazem você esperar para assistir a um vídeo, mensagens de spam invadem a sua caixa de e-mail.

Nessa era em que o marketing entra no dia a dia do consumidor sem pedir autorização, o marketing de permissão pode ser bom, não somente para a imagem da sua empresa, como também para contribuir significativamente com os seus resultados.

Isso porque esse tipo de marketing procura mostrar os anúncios somente para aquelas pessoas que concedam autorização, o que acaba gerando uma aceitação maior da mensagem.

Neste artigo, você vai entender tudo sobre o marketing de permissão, quais os benefícios para a sua empresa e clientes e como aplicar este conceito nas diferentes mídias. Vamos começar?

Afinal, o que é marketing de permissão?

O marketing de permissão é uma vertente do marketing tradicional, que pressupõe um consentimento da persona. Depois de receber um sinal verde do consumidor, a sua empresa pode agir para estimulá-lo a fazer negócio por meio de newsletters, informativos ou banners promocionais.

Esse tipo de marketing surgiu no final dos anos 90, no livro “Permission Marketing: turnning strangers into friends and friends into customer”, do autor Seth Godin.

Como o título pressupõe, a ideia é que primeiro os desconhecidos sejam transformados em amigos para só depois tornarem-se clientes da sua empresa. O objetivo passa a ser a conquista do consentimento do seu público-alvo.

Quais são os benefícios desse tipo de abordagem para a empresa e clientes?

A grande vantagem do marketing de permissão em relação às outras modalidades é que ele garante que apenas aquelas pessoas que estão de alguma forma interessadas no que a sua empresa tem a oferecer recebam os seus anúncios.

Para as empresas, o marketing de permissão garante um foco maior em resultados concretos e consequentemente, uma economia de tempo e de despesas, já que você vai passar a trabalhar com leads espontâneos, ou seja, pessoas propícias a receber a sua mensagem.

Já os consumidores, não vão mais precisar bloquear os seus anúncios na internet ou apagá-los. Eles terão o direito de privacidade garantido. Já que pelo menos os anúncios da sua empresa não irão mais atrapalhar a experiência deles na web.

Como aplicar o marketing de permissão?

Mas, como aplicar o marketing de permissão na minha estratégia de marketing? É simples. O marketing de consentimento leva em consideração duas fases principais: o Opt-in e Opt-out. Confira o que significa cada uma delas:

Opt-in

É o primeiro passo da sua estratégia. É quando o consumidor concede para a sua empresa uma permissão de contato. Conseguir essa permissão, embora seja um processo simples, é o passo mais importante a ser tomado. Verifique as redes sociais mais usadas pelos seus consumidores e escolha a melhor forma de contato:

  • por meio de mensagens SMS;
  • formulários nas lojas onde o cliente concede a permissão para receber anúncios;
  • estratégia de e-mail marketing;
  • landing pages em seus sites e blogs;
  • inscrição em clubes de vantagens;
  • trocar esse consentimento por algum material de interesse do consumidor, como amostras grátis ou e-books.

Tudo depende do perfil do seu consumidor e da relação que a sua empresa mantem com ele.

Opt-out

O marketing de permissão não faria sentido sem o Opt-out. O consumidor não pode ser obrigado a ver as suas propagandas para sempre.

Muitas empresas dificultam o processo de cancelamento, o que é um grande inconveniente e reduz as chances daquele cliente voltar a manter qualquer tipo de relação com a sua empresa.

Por isso, sempre deixe claro que o consumidor pode optar por parar de receber os seus anúncios a qualquer momento e não torne esse processo burocrático. Um link no final de todos os seus conteúdos ou a opção de cancelar os seus anúncios SMS por meio do envio de uma palavra-chave são as opções mais comuns.

Como montar uma estratégia de marketing de permissão de sucesso?

Agora que você já conhece os processos de Opt-in e Opt-out, deve estar se perguntando como aplicá-los na prática. O que faz uma mensagem ser realmente eficaz? Quais são as práticas mais comuns atualmente no mercado? Confira!

Invista no conteúdo da sua mensagem

Um bom conteúdo é aquele que leva em consideração os princípios do marketing inbound para landing pages. Ou seja, para ser eficaz a sua mensagem deve ter potencial para converter um desconhecido em um amigo favorável a receber os seus anúncios. Para isso:

  • use títulos simples e diretos;
  • use verbos de ação;
  • invista em um bom layout, com cores que tenham contraste;
  • faça testes com o seu Opt-in e inclua o marketing de permissão na sua revisão de sucesso do cliente.

Permita que o público decida a forma de contato

É comum que grandes empresas deixem que o consumidor escolha o meio pelo qual ele será contatado. Assim, o público sente os seus desejos individuais respeitados e não vai ser incomodado por uma mensagem em SMS, a menos que tenha dado permissão para receber anúncios por telefone.

Faça o seu cliente se sentir como o dono da situação e você terá, no final das contas, um clube seleto de potenciais compradores.

Quais os principais erros cometidos ao usar esse tipo de marketing?

Existem alguns erros comuns que os profissionais de marketing cometem ao aplicar uma estratégia de marketing de permissão. Veja o que você não deve fazer.

Interromper a experiência do consumidor para pedir a permissão dele

Não seja invasivo logo no primeiro contato. Lembre-se de usar o marketing de permissão desde o princípio. Permita que os consumidores encontrem a sua empresa.

Desrespeitar o que foi estabelecido

Se você combinou de enviar propagandas por e-mail, não envie anúncios por SMS. Se o estabelecido foi entrar em contato com o consumidor semanalmente, nem pense em encher a caixa de entrada dele diariamente.

Compartilhar dados pessoais com outras empresas

Na ânsia por conseguir permissões, muitas empresas recorrem a contatos de parceiros para estabelecer alguma comunicação, ou compartilham os dados dos seus clientes com outras empresas. Nunca faça isso! Mantenha os dados dos seus clientes em sigilo.

O marketing de permissão pode ser usado em todas as mídias?

Só é possível escolher ver ou não uma propaganda quando temos uma experiência pessoal. Não se pode, por exemplo, conceder autorização para assistir ou não a uma propaganda de televisão ou escutar um spot no rádio. Mas nem por isso, você deve abandonar esses meios de veiculação de mensagens de massa.

A ideia é acompanhar a evolução da experiência do consumidor. Sem a internet éramos impactados pelas propagandas em meios públicos. Hoje, com a possibilidade de anunciar até mesmo nas redes sociais, estabelecer uma relação de respeito à privacidade é essencial para empresas que desejem manter um alto índice de fidelidade.

Ainda tem dúvidas sobre o marketing de permissão? Compartilhe conosco nos comentários. Ficaremos felizes em ajudar.