Cadastre-se
Por
Katarina Nápoles
06/04/2018
às 14:36

Como o Postgrain otimizou o tempo da PBLK Comunicação e o que a sua empresa pode aprender com isso

Social Media, criador de conteúdo, assessor de comunicação, analista de marketing, freelancer… Se você trabalha com o Instagram, uma coisa é certa: gerenciar as contas dos clientes pode virar um trabalho que dá um nó na sua cabeça.

Pensando em facilitar a vida de quem trabalha com Social Media, o Postgrain surge como uma ferramenta pra sanar todos os problemas de quem precisa gerenciar contas no Instagram, agendar publicações, responder DM’s e moderar comentários.

Neste estudo de caso, você vai entender como o Postgrain conseguiu aumentar o tempo de produção e diminuir gastos de uma das maiores agências do interior do Rio de Janeiro. Continua lendo!

Oportunidade de mercado no interior

Agência de publicidade de Petrópolis, cidade da região serrana do Rio de Janeiro, a PBLK nasceu em 2005, fruto da junção de três amigos que viram uma oportunidade no mercado publicitário. No começo, a ideia era focar apenas em mídia, mas a demanda dos clientes fez com que eles caminhassem no sentido de uma agência mais completa e, hoje, realizam trabalhos de criação, offline, online, audiovisual, design, produção e social marketing.

Por ser uma agência de pequeno porte e estar instalada no interior, a PBLK acabou ganhando espaço no mercado muito rápido: eles aproveitavam os benefícios da proximidade com a capital – e das oportunidades e competitividade que isso gerava -, mas não precisavam ter o mesmo gasto que as agências da cidade grande tinham.

Assim, a PBLK conseguiu oferecer o mesmo serviço, já que tinham o mesmo know-how e o mesmo acesso a recursos e estudos, mas cobrando mais barato.  

capa do Facebook da PBLK com o conceito da marca

Conceito da PBLK

Entrando no digital

Como muitas agências nascidas nos anos 2000, o digital não fazia parte do trabalho da PBLK, mas, com o tempo, acabou se tornando o braço mais forte da empresa. Quem começou a introduzir a ideia na agência foi a atual diretora de Marketing, Bruna Maba.

Eu estava inquieta e comecei a buscar outras coisas em 2008. O que a gente pode fazer? O que podemos trazer de diferente? E aí eu descobri o marketing digital.

Naquela época o Facebook não tinha a presença que tem hoje aqui no Brasil, mas Bruna começou a implantar algumas ideias no Google Adwords e, pasmem, no finado Orkut!

A gente fazia interação no Orkut, não sabia nem como fazer direito, não tinha recurso, não tinha relatório… Mas eu interagia com as pessoas, respondia as perguntas. Era meio que um SAC, mas sem esse nome. Esse processo demorou alguns anos, mas foi assim que a gente começou a investir no digital, olhar pro digital.

Foi essa inquietude que levou a PBLK a um patamar de reconhecimento na área digital. Até hoje, eles são conhecidos por serem a agência pioneira nesse tipo de trabalho da cidade.

Como o Postgrain ajudou no tempo de produção

A PBLK é uma das empresas que está com a gente desde o começo – quando o Postgrain ainda era Instamizer, em 2013. Antes de assinar a plataforma, o trabalho de agendamento de posts era feito basicamente por um celular, o de Bruna.

Você já deve ter passado por isso: na correria das demandas diárias, percebe que deu a hora de postar uma determinada publicação no Instagram do cliente. É aí que você para tudo o que tá fazendo, pega o celular, posta, e só depois continua o trabalho que parou.

Ou muito pior: o dia passou e o cliente está te perguntando por que a publicação que deveria ter entrado ontem não entrou. Sim, você esqueceu de postar.

Pensando numa possibilidade de solucionar esses gargalos, Bruna decidiu testar o Postgrain. Depois de usar o período de teste gratuito da ferramenta, não restou dúvidas: partiu para assinar a plataforma.

Conheci o Postgrain bem no início de sua vida e no momento em que eu mais precisava. Hoje, posso afirmar que a ferramenta não para de ser atualizada e não perde em nada pras gringas que custam uma fortuna mensal. 

Com o Postgrain, a agência passou a ter mais liberdade e tempo pras outras demandas, que não mais foram interrompidas por conta de posts que precisavam entrar na hora certa. Produzir e fazer curadoria de conteúdo passaram a ser prioridade, já que a postagem das publicações ficava por conta da ferramenta. O tempo de trabalho da PBLK foi otimizado.

A ferramenta salvou a produtividade e acabou sendo uma solução pra empresa, que a princípio pensava em contratar um novo funcionário. Com um custo bem pequeno, a agência assinou o serviço e ainda aumentou a possibilidade de reter novos clientes, já que a equipe agora tinha mais tempo pra atender mais contas, sem perder a qualidade do serviço.

O tempo da minha equipe alargou. Por causa do Postgrain eu tenho o mesmo número de pessoas na equipe, fazendo mais coisas, ocupando menos tempo da carga horária deles.

Encantando a cliente

Para além da interface simples e intuitiva, o Postgrain acabou encantando Bruna com um recurso que é, muitas vezes, subestimado em outros serviços: o atendimento. Nosso suporte fez com que a diretora de Marketing de uma empresa que sempre buscou resolver os problemas dos clientes acima de tudo se observasse do outro lado e entendesse ainda mais a importância desse tratamento.

Indico o Postgrain pra freelas e empresas de todos os portes, até mesmo para aquelas que gerenciam apenas um perfil, pois o serviço vai muito além de programar posts.


Recebendo um atendimento tão eficiente e prestativo quanto o do próprio lugar de trabalho, Bruna foi a responsável por criar o grupo do Facebook Entusiastas do Postgrain. Atualmente com mais de 6 mil membros, o grupo reúne fãs e usuários da ferramenta e é uma das maiores plataformas de comunicação empresa-cliente que temos nas redes sociais. É por lá que a gente comunica novidades, atualizações e responde a dúvidas e problemas que os clientes possam vir a ter.

Enquete no grupo Entusiastas do Postgrain pedindo sugestão dos clientes

Post de sugestão do grupo Entusiastas do Postgrain

O que pudemos aprender com a história da PBLK?

Avaliando todo o processo de relacionamento com a PBLK, pudemos observar características que consideramos extremamente necessárias para vender nosso produto. Decidimos então explorar esses aspectos nesse texto também pra que você, se ainda não implementou essas ações, perceba a importância de tê-las no seu negócio.

Direto ao ponto

Aqui no Postgrain não tem muita enrolação. Se você der de cara com nosso site ou algum texto ou chamada para ação, vai saber: essa ferramenta me ajuda a gerir o Instagram agendando fotos, vídeos, Stories, respondendo DM’s e comentários.

Eu sei, a vontade que dá é esmiuçar todos os detalhes da sua ferramenta ou produto (que foi tão trabalhado pra chegar aonde está). Mas pense em você como usuário: o que queremos saber é sempre muito mais simples. Queremos entender que tipo de valor aquele serviço vai nos entregar. Então dê isso ao seu visitante da forma mais objetiva possível.

Como o Postgrain otimizou o tempo da PBLK Comunicação e o que a sua empresa pode aprender com isso 1

Ofereça um período de testes

Como você pôde perceber nosso free trial foi parte importante no processo de assinatura do software por parte de Bruna.

Testes grátis de ferramentas são opções muito interessantes para serem usadas porque você vai limitar o acesso do cliente (seja aos recursos ou ao tempo utilizado), ou seja, não estará perdendo muito dinheiro e o usuário não vai precisar de muito pra testar também.

Geralmente ele só precisa oferecer alguns dados pessoais. E isso é bastante positivo pra quem tá procurando solucionar algum problema. Muitas vezes o usuário não aceita pagar logo de cara um serviço que não conhece. Então, ofereça sempre um período de testes gratuito pros seus usuários.

Como o Postgrain otimizou o tempo da PBLK Comunicação e o que a sua empresa pode aprender com isso 2

O sucesso do cliente deve ser prioridade

Um dos pilares do Inbound Marketing é o encantamento de clientes. E não por acaso: oferecendo um serviço de ultra qualidade e superando as expectativas dos seus usuários, você faz com que eles sejam promotores gratuitos da sua marca, serviço ou produto.

E foi isso o que aconteceu com a Bruna, da PBLK. Para além dos benefícios da ferramenta, oferecemos a ela respostas rápidas e de qualidade pras dúvidas e eventuais problemas. Encantada com nosso atendimento, ela se tornou uma promotora gratuita da nossa marca, criando o Entusiastas do Postgrain.

E não subestimamos a atitude espontânea da cliente, deixando o grupo de lado. Hoje utilizamos a página pra ter um contato ainda mais próximo com nossos usuários. Ou seja, tiramos proveito positivo de algo que uma cliente criou por conta própria!

Como o Postgrain otimizou o tempo da PBLK Comunicação e o que a sua empresa pode aprender com isso 3

Fortaleça sua presença nas redes sociais

A Bruna acabou fazendo um favorzão pra gente criando o Entusiastas do Postgrain. Hoje vemos que esse canal de comunicação é mais do que importante pros nossos clientes porque é uma forma de nos aproximar, sem que seja preciso o usuário entrar no site pra chamar o suporte.

É por lá que eles reconhecem as pessoas que estão por trás do Postgrain também. E mostrar esse trabalho nas redes sociais é legal pra humanizar o nosso trabalho.

Pense sempre que o atendimento e o sucesso do cliente devem ir além do seu site e da plataforma. Você precisa oferecer suporte aos usuários em todos os lugares. Que tal começar com um grupo no Facebook? 😛

Como o Postgrain otimizou o tempo da PBLK Comunicação e o que a sua empresa pode aprender com isso 4

Otimize seu tempo de produção também

Ficou na vontade de experimentar os mesmos recursos que a Bruna pra otimizar o tempo da sua agência ou do seu trabalho como freelancer em Social Media?

Então teste nossa ferramenta de forma gratuita! Não tem mistério: clique aqui e se cadastre.

Ah! E se você também tem uma história de sucesso com a nossa ferramenta pra contar, não deixa de entrar em contato com a gente 😉