10 erros no Instagram pra você não cometer mais

10 erros no Instagram pra você não cometer mais

por Ana Tereza Moraes

Publicado em 26 de julho de 2021

Pra quem vê de fora, gerenciar uma rede social parece tarefa simples, que qualquer um pode fazer, certo? Errado!

Por mais que a maioria das pessoas hoje em dia saiba mexer em redes sociais para uso pessoal, quando falamos em usar o Instagram para crescer com o seu negócio existem muitos fatores a serem considerados e coisas a se aprender pra fazer um bom trabalho e colher resultados. 

Antes mesmo de começar a entender o que fazer, é importante saber também o que não fazer no Instagram e por que não fazer (principalmente na hora de explicar pra aquele cliente o porquê da ideia dele não ser uma boa 👀).

Pra te ajudar com isso, separamos aqui os 10 erros no Instagram que são mais comuns e impedem seu crescimento!

Resumo:

  1. Comprar seguidores
  2. Não fazer um planejamento
  3. Não analisar as métricas
  4. Postar em qualquer horário
  5. Usar automações
  6. Não se preocupar com a identidade visual
  7. Não explorar recursos do Instagram
  8. Não investir em vídeos
  9. Utilizar hashtags da forma errada
  10. Não interagir com seus seguidores

⚡️ E uma dica bônus pra não errar mais 

10 erros no Instagram que te impedem de crescer

1. Comprar seguidores

Entre muitos erros no Instagram, esse talvez seja um dos piores a se cometer! Por isso, ele foi o escolhido pra abrir nossa lista.

Claro, todo mundo quer conquistar muitos seguidores pra ter mais visibilidade pra sua marca. Mas a palavra-chave nesta questão tem que ser justamente “conquistar”, e não “comprar”.

Um grande número de seguidores por si só não significa nada, afinal, nem todos serão usuários ativos nem têm o perfil certo pra se tornarem consumidores da sua marca. Acredite, é muito mais vantajoso ter menos seguidores que te dão um ótimo engajamento do que ter 10 mil ou mais só pra garantir status e um link de “Arraste pra cima” mas não ter nenhum engajamento real. 

Por mais que o caminho seja mais lento, prefira sempre conquistar seus seguidores aos poucos pra que você tenha certeza de que está atraindo as pessoas certas, que realmente se interessam pelo conteúdo do seu perfil. Essas sim são as maiores consumidoras em potencial pra sua marca! 

2. Não fazer um planejamento de conteúdo

O conteúdo criado pro Instagram não pode ser aleatório ou sempre “espontâneo”, a não ser que você gerencie um perfil de notícias (e mesmo assim, também recomendamos um planejamento além das notícias do momento).

Para uma marca realmente crescer no Instagram, é necessário que o conteúdo seja estrategicamente pensado visando os objetivos, público e levando em conta os insights do perfil. Se a meta é melhorar o engajamento, por exemplo, você vai precisar pensar em que tipos de posts vão fazer com que seus seguidores mais comentem, salvem e compartilhem.

Por isso, um planejamento feito com antecedência e com objetivos pré-definidos é muito importante para trazer resultados e evitar eventuais imprevistos.

3. Não analisar as métricas 

O Instagram Insights existe por um motivo, então não deixe de aproveitar pra extrair o máximo de informações possíveis sobre o seu público e seu conteúdo pra te guiar melhor. 

Apenas olhando as métricas é que você tem como saber se seus posts tem gerado o resultado esperado, se o seu público tem respondido bem àquela abordagem e se o seu perfil de fato está tendo um bom crescimento.

Pra acessar as métricas do Instagram Insights, é bem simples. 

Mas, primeiro, seu perfil precisa estar na configuração de conta Business (de negócios) ou de Criador de conteúdo. Se você ainda não tem e não sabe como fazer, a gente explica tudo nesse texto aqui.

Se você já tem uma conta nessas modalidades, é só seguir o passo a passo:

Pelo app do Instagram: 

  1. Entre no seu perfil;
  2. Selecione “Ver painel profissional” e depois “Ver todos os Insights” ou vá diretamente no botão “Insights“;
  3. Escolha o período de análise (últimos 7 dias ou últimos 30 dias).

Instagram Insights: como acessar

Pelo Postgrain: 

  1. Clique em “Relatórios” no menu lateral esquerdo
  2. Desça a tela até encontrar “Principais publicações”
  3. Ali já vão ter algumas métricas disponíveis logo de cara mas, se quiser acrescentar outras ao seu relatório, clique nas três barrinhas laterais e selecione as outras métricas que queira visualizar.
  4. Se quiser, baixe esses dados em formato de PDF clicando no botão “Download” no canto superior direito da página.

 

4. Postar em qualquer horário

Falando em métricas, aqui vai uma muito importante que você não deve deixar de olhar: a de horários!

Independente do número de seguidores que uma marca tenha no Instagram, um bom conteúdo postado no horário errado é um conteúdo perdido. Para garantir os resultados que você espera alcançar com o seu planejamento, é importante também analisar o comportamento dos seus seguidores e seus insights do Instagram para identificar quais os melhores dias e horários pra postar.

Você pode visualizar essa informação junto com o seu relatório no Postgrain.

Para acessá-las pelo app do Instagram, siga as etapas:

  1. Acesse o seu perfil e clique em “Insights”
  2. Clique em “Público”
  3. Desça a tela até encontrar a seção de “Períodos mais ativos” 
  4. Selecione se deseja visualizar por Horas ou Dias

Você também pode acessar essas métricas na página de relatórios do Postgrain, basta rolar pra baixo da tela e conferir as métricas de horários.

Métricas do Instagram para ficar de olho em 2021Métricas do Instagram para ficar de olho em 2021

Depois que descobrir seus melhores horários, é só usar o Postgrain pra deixar todos os posts agendados e ficar tranquila 🙂

5. Usar automações

Já que estamos nesse tópico, é importante deixar claro aqui: agendamento e outras funcionalidades de um gerenciador de redes sociais, como o Postgrain, são bem diferentes de automações, ok? 

Uma ferramenta de automação funciona agindo no lugar do usuário, como um robô. Normalmente são ferramentas que curtem fotos, seguem pessoas automaticamente ou enviam mensagens diretas em massa, o que pode fazer com que a rede social identifique como spam. Esse tipo de prática é punida pelo Instagram e pode levar você a perder sua conta.

Então, por mais tentador ou fácil que pareça, fuja de todas essas ferramentas que prometem milagres, como mais curtidas ou seguidores em pouco tempo. 

Se for para investir, prefira gerenciadores de redes sociais que vão apenas facilitar o seu trabalho e te ajudar a gerir seus perfis no Instagram de um modo mais simples pelo computador, tudo dentro das normas de boas práticas do Instagram.

6. Não se preocupar com a identidade visual da sua marca

Se você acha que uma identidade visual bem feita é apenas uma “vaidade” que te faz perder tempo, melhor rever seus conceitos. 

Ter uma identidade visual bem definida vai muito além de ser um cuidado estético, e vai te ajudar em vários pontos, como:

  • Reconhecimento de marca
  • Identificação do usuário
  • Mais engajamento
  • Autoridade de marca 

Além de, sim, deixar seu conteúdo bem mais bonito e atrativo 🙂

Pra se destacar no Instagram, é muito importante que a sua marca tenha uma identidade visual bem definida. Isso vai desde as cores utilizadas, à fonte escolhida, à quantidade de informação por posts e até ao estilo de imagens ou ilustrações que você usa. Tudo isso deve ser pensado com muito cuidado para que você consiga transmitir exatamente o que você quer sobre a sua marca.

7. Não explorar os recursos do Instagram

O Instagram está sempre lançando novos recursos ou atualizando os antigos, e você precisa ficar de olho nisso. Quando a rede social lança algo novo, é natural que o algoritmo preste bem atenção em conteúdos que estejam utilizando aqueles recursos e passe a entregá-los pra mais pessoas conferirem a novidade. Além disso, os próprios usuários tendem a ficar curiosos pra ver as novidades em prática e ficam atentos a quem já está usando os recursos.

Não é que você tenha que sair usando tudo de uma vez, mas sim analisar as novidades e entender de que forma você pode tirar melhor proveito delas pra crescer com a sua marca no Instagram e não ficar parado no tempo.

Se quiser ficar sabendo das novidades assim que o Instagram divulga, é só seguir o blog do Postgrain ou ativar as notificações em instagram.com/postgrain.

8. Não investir em vídeos

Não é de hoje que os vídeos vêm ganhando cada vez mais destaque nas redes sociais e têm sido os protagonistas das atualizações mais recentes do Instagram, ainda mais com o sucesso do TikTok como concorrente.

 Agora, com a declaração do Head do Instagram, Adam Mosseri, de que agora a rede social “não é mais um app de compartilhamento de fotos”, investir nesse formato se tornou ainda mais essencial pra crescer no Instagram!

Com o objetivo de investir mais em entretenimento, a tendência é que os vídeos sejam o novo centro das atenções na plataforma, como já vem acontecendo desde o lançamento do Reels e das novidades implementadas para as Lives e IGTV.

Neste outro artigo do blog do Postgrain, já falamos sobre o porquê de ser tão importante investir em vídeos e demos 20 ideias de conteúdo pra isso! Não deixe de conferir pra começar a criar conteúdos mais criativos pro formato 😉 

9. Utilizar hashtags de forma errada

As hashtags podem ser grandes aliadas pra melhorar o seu alcance no Instagram e conquistar mais usuários que ainda não te seguem. Mas, assim como tudo na vida, elas precisam ser utilizadas com moderação.

O uso excessivo de hashtags, principalmente daquelas muito genéricas ou que não têm nada a ver com o seu conteúdo, não vai agregar em nada e ainda pode te prejudicar. Por mais que seu post alcance mais pessoas e tenha mais impressões com algumas hashtags populares, essas pessoas não necessariamente vão se interessar pelo seu post e o algoritmo pode interpretar que é porque seu conteúdo não é relevante o suficiente. 

Priorize hashtags que tenham mais a ver com o seu nicho e, de preferência, sejam no idioma do seu conteúdo. Por exemplo: ao invés de #marketingdigital você pode tentar filtrar usando #marketingdigitalbrasil, que também tem um bom alcance e vai atingir principalmente pessoas que falam português. 

Outro caso pode ser ao invés de utilizar uma hasthag como #restaurantes, que você alcançar pessoas de vários lugares, porque não optar por #restaurantesrecife ou #restaurantes[cidadequevocêatua]? 

10. Não interagir com os seus seguidores

Se você quer mais engajamento, retribua o engajamento.

Sempre que algum seguidor entrar em contato por DM ou comentar em um post seu, tente respondê-lo da forma mais amigável possível. Isso faz com que as pessoas se sintam ouvidas e mais próximas da sua marca, o que provavelmente vai deixá-las mais confortáveis pra interagir mais vezes no futuro e melhorar seu engajamento.

A menos que você tenha um volume de comentários que seja impossível de dar conta, tente, ao máximo, responder todos os seus seguidores e dar uma atenção especial às dúvidas e feedbacks, até mesmo aqueles negativos. Mostre que sua marca se importa e está disposta a ouvi-los.

⚡️ Não utilizar uma ferramenta de gestão

A ferramenta certa de gerenciamento de redes sociais, além de facilitar (e muito) seu trabalho e aumentar sua produtividade, também vai ajudar a prevenir alguns erros dessa lista. 

Com uma ferramenta como o Postgrain, você consegue:

  • Organizar seu planejamento 
  • Agendar para os seus melhores horários
  • Salvar grupos de hashtags que você já sabe que dão certo
  • Explorar todos os formatos do Instagram (Feed, Carrossel, Reels, Stories, IGTV) e agendar para eles
  • Gerenciar mais de um perfil em um só espaço e criar times pra te ajudar 

Ainda tá na dúvida se um gerenciador de redes sociais é tão essencial assim?

Faça um teste grátis por 7 dias e explore todas as funcionalidades disponíveis no Postgrain! Temos certeza de que você não vai mais querer largar 🙂

Agora conta pra gente nos comentários: você já cometeu algum desses erros quando começou a trabalhar com Instagram?

Vamos trocar experiências!