Cadastre-se
Por
Ana Raissa
21/11/2018
às 15:22

Como usar conteúdo gerado pelo usuário no Instagram

Você que trabalha com marketing digital deve entender bem a dificuldade para criar um conteúdo interessante, relevante e que ainda faça o trabalho de se conectar com o seu público-alvo de alguma forma. O que não te falam é que esse tipo de conteúdo de qualidade pode ser bem mais fácil de se encontrar do que você imagina.

Como? Simples: conteúdo gerado pelo usuário.

O que é conteúdo gerado pelo usuário?

O conteúdo gerado pelo usuário, também conhecido como UGC, pode ser qualquer tipo de mídia que um consumidor produziu espontaneamente para a sua marca. Seja um video, uma imagem ou até mesmo um comentário, o UGC possui vários benefícios que vão muito além de deixar o seu feed bonito. Esse tipo de conteúdo, criado por outros usuários, é a chave para aumentar a diversidade do que você posta e, o melhor, aumentar o engajamento da sua conta.

O termo UGC ficou conhecido logo depois da popularização da internet e hoje se adequou muito bem às estratégias de e-commerce. Dentro do Instagram, onde tudo é sobre o visual, esse foi o tipo de conteúdo que criou o diferencial para diversas marcas. De acordo com um estudo realizado pela Internet Trends em 2017, conteúdos gerados pelos usuários possuem um engajamento 6.9 vezes maior do que um conteúdo comum.

Motivos para usar UGC

Se o aumento da taxa de engajamento já não foi um ótimo argumento para te convencer a usar o conteúdo gerado pelo usuário, então fique de olho nos próximos tópicos:

Prova social

Quando você está prestes a tomar uma decisão de compra, qual o fator que tem mais peso: a opinião da marca sobre ela mesma ou a opinião de quem já consumiu aquele produto? Pois é, o conteúdo gerado pelo usuário tem uma carga de confiabilidade muito grande, pois é a opinião de um usuário, que experimentou o seu serviço ou comprou o seu produto e tem algo de importante a falar sobre ele.

Se você vê um produto cheio de avaliações negativas em algum lugar, como um aplicativo por exemplo, é bem provável que você deixe de baixá-lo.

Baixo Custo

Tempo gasto pra criar também é dinheiro, certo? A parte mais complicada, que é produzir o conteúdo, já foi feita pelo usuário.

Ou seja, você não vai precisar investir no que já está pronto. As UGCs, sendo boas ou não, são interações completamente espontâneas, onde você como negócio não possui controle.

Um ponto importante: o maior investimento que você vai fazer para conseguir um conteúdo gerado pelo usuário é entregar um bom produto ou serviço paras essas pessoas.

Fonte inesgotável de ideias

Viu aquele conteúdo ótimo mas que não combina muito bem com a estética da sua conta? Se você tem critérios visuais muito específicos para a sua conta, não se preocupe. O UGC é também uma fonte ótima para recolher ideias para o seu negócio, afinal, foram conteúdos criados especificamente pelo seu público-alvo. Para utiliza-los, faça uma curadoria, entenda o que você pode fazer a partir das ideias coletadas e ponha a sua criatividade com os recursos do Instagram para jogo!

Relacionamento entre você e o público-alvo

Caso você consiga, é sempre importante criar um espaço pra incentivar as pessoas a enviar conteúdos que falem de você. No Instagram, o melhor cenário é o das hashtags. Com essa ferramenta, fica muito mais fácil identificar como o seu público-alvo reage.

Um exemplo bem interessante é o @descubrapernambuco, que utiliza uma hashtag como espaço destinado para turistas e pernambucanos distribuírem mídias relacionadas às belezas do estado.

O segredo é utilizar uma hashtag concisa e que se relacione diretamente com o nome do seu negócio. Não adianta utilizar uma hashtag abrangente, pois o seu conteúdo pode se misturar a muitos outros. Se você possui um restaurante, evite utilizar como a hashtag #comida, por exemplo. Crie algo único e relativo ao seu negócio.

Dados sobre o que esperam de você

Uma das coisas que você não pode cansar de ouvir é que todos os dados referentes ao seu público são uma fonte extremamente importante para sua estratégia. Se as pessoas desejam se comunicar com você, é ouvindo que se cria uma estratégia capaz de gerar resultados. O segredo pode estar até nos mínimos detalhes.

Fique de olho nas entrelinhas. Se você possui uma quantidade grande de conteúdos gerados pelos usuários, tente fazer algumas perguntas básicas: de onde eles vem, qual o tipo de conteúdo que eles mais postam, qual o teor das legendas?

É coletando todo o tipo de informação que se enriquece uma estratégia de marketing digital.

Inspirações para UGC

Conteúdo marcado por clientes

A @saraivaonline tem um hábito muito legal de marcar os seus leitores em algumas das publicações. No caso da loja, é realizada uma curadoria nas fotos em que eles são marcados no Instagram e algumas delas acabam virando pauta também. Eles também fazem o essencial para um UGC: creditar o criador daquele conteúdo.

Utilizando hashtags

Uma loja que utiliza muito bem o UGC é a @adorofarm. A conta criou uma hashtag específica para realizar uma curadoria do que os clientes postam sobre a marca. A hashtag é super simples, mas faz menção direta ao nome da marca.

Inspiração no Instagram

Tendo como público-alvo basicamente todos os usuários do mundo, a conta oficial do @Instagram dá espaço para o conteúdo dos usuários na íntegra, com direito a créditos e uma pequena explicação de como aquele conteúdo foi criado. Esse é o tipo de coisa que se descobre logo após pedir para utilizar aquele conteúdo, criando um vínculo com aquele usuário.

Experiência fora da rede

Se você tem acesso a conteúdos incríveis, mesmo que eles não estejam nas redes sociais, não custa nada homenagear aqueles que tiraram um tempinho para usar a história da sua marca para se conectar com outras pessoas.

Esse é caso bem legal de conteúdo gerado pelo cliente da @taglivros, que uniu a experiência proporcionada pelo produto em uma história real.

Conclusão

Como tudo é questão de perspectiva e muito teste, a lição mais importante é entender como o seu público se relaciona com o seu negócio. A partir daí, é hora de utilizar as informações que ele gera em favor da sua estratégia.

Você já tentou utilizar UGC? Conta pra gente os resultados nos comentários!