Cadastre-se
Por
Ana Raissa
29/03/2019
às 14:38

Como escolher um influencer no Instagram

Com a evolução tecnológica, crescem as apostas de como cada descoberta impactará na forma que comercializamos serviços ou produtos. O marketing de influência, por exemplo, vem sendo discutido amplamente como a mais nova febre da publicidade.

Mas a verdade é que se você cresceu, assim como eu, tendo acesso à novelas, séries e outros conteúdos midiáticos, sabe bem que a forma de vender utilizando a credibilidade de uma figura pública não é algo incomum na nossa vida. Atores estampando seus nomes em serviços e produtos e estes, por sua vez, utilizando o contexto histórico dos seus personagens para emplacar vendas.

Como escolher um influencer no Instagram 1

 

Hoje, o formato de marketing de influência está presente no nosso dia a dia e bem mais acessível para ser adequado em estratégias. Vou te explicar o porquê disso em duas palavras: digital influencers.

O digital influencer é uma pessoa capaz de impactar nichos específicos e até mesmo milhares de pessoas através da sua influência digital. Ele pode estar no YouTube, Facebook, Instagram ou até mesmo em um blog.

De acordo com o Influencer Marketing Report realizado pela Business Insider, empresas vem buscando cada vez mais figuras populares – que não precisam ser necessariamente famosas – como embaixadoras de suas marca. De acordo com o estudo, influenciadores digitais conseguem um engajamento de até 5,7% nos posts do Instagram, um número bastante superior aos 2% que uma marca consegue atingir.

Como utilizar um influenciador na sua estratégia

Antes de dar um passo à frente e buscar no seu feed pelos influencers que você mais consome, pare um pouco para se perguntar o que você gostaria de ver sendo anunciado por um influencer. Coloque-se no lugar do usuário e se pergunte o que você gostaria de ver.

Em seguida, aposte nas características do seu negócio que mais se sobressaem e pense em qual delas necessita de mais credibilidade e divulgação.

Claro que um influencer pode falar do seu produto de uma forma bem geral, mas para se comunicar com as necessidades humanas, é preciso ir mais fundo e encontrar o aspecto que combine com o conteúdo que aquela pessoa produz.

Como escolher um influencer no Instagram 2

Comece uma campanha já com a noção do que você precisa e quem deseja alcançar. Afinal, buscar por influenciadores antes mesmo de encontrar o seu objetivo é dar tiros no escuro.

Encontre o fit perfeito

Toda marca que se posiciona nas redes sociais tem a missão de contar uma história. Ao considerar a adesão de uma estratégia de marketing de influência, você convida mais alguém para fazer parte dessa história.

É preciso ter um bom alinhamento de discursos, emoção e conexão real com o conteúdo. Por exemplo, é impossível visualizar Giovanna Ewbank falando sobre a estreia de um novo jogo para PlayStation 4 de forma natural quando todo o conteúdo dela é voltado para estilo de vida.

Um jeito super simples de avaliar isso é reconhecer com que conteúdo aquele influenciador se identifica, o nicho que ele faz parte e qual a faixa etária do público que consome aquele conteúdo.

Como escolher um influencer no Instagram 3

 

Um exemplo é o da ação da AOC, a maior linha de monitores feitos para jogadores no país. Para distribuir descontos e divulgar a qualidade dos produtos em relação ao custo benefício, a empresa selecionou influenciadores conhecidos do nicho de games, como uma das editoras do maior sites de jogos do país, o IGN Brasil.

A jornalista possui bastante conteúdo em textos, podcasts e vídeos dedicados especificamente para avaliar lançamentos e jogos. Ou seja, uma aposta que tem tudo em comum com o produto!

Nem sempre é sobre quantidade

Enquanto você pensa que a influência social está atrelada apenas aos perfis mais badalados, como o de Cristiano Ronaldo ou de Bruna Marquezine, uma das oportunidades mais lucrativas e baratas passa batida e bem diante dos seus olhos.

Um opção para quem quer investir em marketing de influência mas não tem um alto orçamento são os micro-influenciadores. A principal característica dessa categoria é não possuir um grande número de seguidores, mas todos que os seguem são extremamente fiéis.

Como escolher um influencer no Instagram 4

Um perfil bem legal e com grande credibilidade em seu nicho é o do Felipe Pacheco. Além de criar um conteúdo atrativo, ele entrega um grande valor aos seus seguidores, ensinando as melhores práticas para Instagram e como contar histórias de formas mais criativas através dos Stories.

Pelo fator de maior proximidade e semelhança com o usuário, os micro-influenciadores contam com uma credibilidade maior do público. Diferente de uma celebridade, aquela é uma pessoa “real” no contexto do consumidor e extremamente acessível. O que torna todo o processo mais próximo do que chamamos a vida inteira de boca-a-boca.

Então, caso o objetivo seja atingir a um nicho bem específico, os resultados com micro-influenciadores podem ser até melhores do que influenciadores com uma larga gama de audiência.

Busque por resultados reais

Quanto mais olhos você tiver em seu conteúdo, maiores serão as suas chances de ser visto, correto? Errado.

Como escolher um influencer no Instagram 5

O número de seguidores de um influencer era uma métrica indispensável antigamente, quando não tínhamos acesso aos números reais disponíveis no Instagram Insights. Para burlar esse sistema, algumas contas adotaram técnicas de blackhat, práticas bastante punitivas que consistem em alcançar seguidores e curtidas em um curto espaço de tempo, sem demandar esforço mínimo. Comprar seguidores ou utilizar ferramentas de automação para interagir massivamente com outras contas são exemplos de algumas dessas práticas.

Na medida em que os influenciadores ganharam espaço nas estratégias e com a evolução do próprio Instagram para Negócios, foi ficando bem mais fácil de identificar os falsos influenciadores. Hoje em dia, quem contrata pode pedir provas concretas de que uma ação foi capaz de gerar resultados reais.

A quantidade de curtidas de um post não é o único indicativo de que aquele conteúdo funcionou, por exemplo. Nos dias de hoje, é muito importante ficar de olho no engajamento real que a conta pode atingir.

Na hora de escolher o seu influencer, não tenha medo de stalkear! Explore o perfil, busque pelos comentários com relevância, como eles foram respondidos, entenda como aquela pessoa lida com o próprio público.

Ferramentas

Encontrar os perfis ideias para uma campanha específica é algo que pode ser feito dentro do próprio Instagram, selecionando à mão as contas que você mais acredita que fazem sentido com o seu conteúdo. Mas, caso você esteja buscando por uma ferramenta para te auxiliar nesse trabalho, temos duas sugestões:

Klear De acordo com a plataforma, não é nos anúncios que as pessoas confiam, mas sim nas pessoas. O Klear é uma plataforma bastante completa para analisar, gerenciar e monitorar as suas ações com influentes. Dentro dela, você pode identificar seu influenciador em redes sociais como Youtube, Instagram, Facebook, Twitter e blogs.

Squid A Squid é uma plataforma brasileira que atua desde 2014 na interligação de anunciantes com microinfluenciadores. Com a premissa de que todo o seu trabalho será divulgado organicamente, a plataforma reúne um banco de contas que escolhem as suas características de interesse e aguarda pelo contato de anunciantes que tenham o mesmo fit de conteúdo. Dentro da plataforma, também é possível acompanhar o desenvolvimento em tempo real de cada campanha e mensurar seus resultados.

Não esqueça do contrato

Lembre-se: o espaço que você está ganhando naquele perfil é uma troca comercial. Então, não esqueça de fechar um contrato, com cláusulas que especificam exatamente o que você precisa, o valor e a data limite acordada entre as partes e o tipo de conteúdo que será veiculado. Caso você precise aprovar todo o conteúdo antes de ir pro ar ou tenha alguma necessidade específica, não esqueça de colocar no contrato.

Tudo precisa ser especificado para que não haja nenhum problema no futuro. Principalmente porque isso envolve seu dinheiro e a reputação da sua marca, então sempre escolha fazer da maneira mais assertiva possível.

Hoje em dia já existem várias plataformas em que você pode coletar as assinaturas desses contratos digitalmente. Uma boa opção para isso é a  Clicksign, por exemplo. Por lá, basta você subir o contrato em PDF e mandar para o influenciador assinar.

Como medir resultados

Graças à evolução do Instagram, hoje podemos contestar tudo o que nós fazemos através de números. Inclusive ações relacionadas a outros perfis.

Compare o antes e depois

É muito comum (e esperado) que o influenciador redirecione o público para as contas da marca, seja citando o @ do Instagram ou utilizando o link de um site. E para que você tenha parâmetros de comparação, até pra entender os resultados mesmo, é preciso guardar informações do seu perfil antes mesmo da ação começar.

Por isso, acesse o Instagram Insights e colete o número de seguidores, visitas ao perfil e ações realizadas nele, como cliques em link, e-mail ou telefone. Em seguida, colete esses mesmos dados com uma janela de tempo de 24h após a publicação do influenciador, pelo menos.

Com essas duas informações em mãos, você pode entender qual impacto causado em um curto período de tempo e através dos números que o próprio Instagram Insights pode te fornecer.

Relacionamento

Não deixe espaço para a concorrência surgir! Quando um influenciador fala sobre as vantagens do produto ou serviço que você vende, é muito comum que outras pessoas surjam com outras soluções, algumas delas envolvendo os benefícios que a concorrência pode oferecer. Fique atento aos comentários que surgirão, auxilie o influenciador na hora de responder e esteja sempre pronto para se posicionar também, caso necessário.

Solicite dados

Muitos influenciadores já trabalham dessa forma, mas é sempre bom lembrar: cobre os dados de resultados daquele post. Sem as informações da conta real, todos os resultados podem ficam meio turvos. Então, solicite dados de impressões, cliques e comentários da publicação realizada para que você possa medir o resultado da ação feita com aquele influenciador especificamente.

Conclusão

A forma de consumir conteúdo mudou, mas a fórmula permanece a mesma há anos. As pessoas continuam buscando por uma segunda opinião antes de fechar negócio, seja com amigos, conhecidos ou pessoas com quem se identificam.

Ao optar pela adesão de influencers na sua estratégia é preciso ter em mente que você não está buscando por mais um canal para divulgar a sua marca, mas sim uma abertura para ganhar a confiança dos seus clientes em potencial.