Dos likes às vendas: como escolher as melhores hashtags no Instagram?

Dos likes às vendas: como escolher as melhores hashtags no Instagram?

por Postgrain

Publicado em 03 de março de 2017

Hoje, é praticamente impossível acessar o feed de uma rede social sem nos deparamos com as populares hashtags. A utilização da cerquilha (#) seguida de palavras se tornou uma prática comum graças ao Twitter, mas hoje em dia se estende a todas as outras mídias sociais, como Facebook, YouTube, LinkedIn e Instagram.

Você conhece o potencial da utilização de uma hashtag? Certamente, não é mesmo? No entanto, no post de hoje vamos aumentar sua reserva de conteúdo sobre as hashtags, detalhando o seu funcionamento e mostrando como escolher as melhores hashtags no Instagram. Se interessou? Então #vemcomagente nesta leitura!

O que é uma #hashtag, afinal?

As hashtags são palavras-chave antecedidas pelo símbolo #, também conhecido como cerquilha ou “jogo da velha”, sendo usadas pelas pessoas para identificar o tema do conteúdo que estão compartilhando nas redes sociais, principalmente no Instagram.

Para grande parte dos usuários das redes sociais, as hashtags se tornaram um item indispensável nas publicações — o que é bem fácil de se comprovar ao navegar por diferentes mídias sociais.

Contudo, diferentemente do que a grande maioria dos utilizadores pensa, elas não servem apenas para tornar as suas publicações “descoladas”, com hashtags criativas e que chamam a atenção dos outros usuários. Veja por quê:

Indo mais fundo

Para os mais entendidos do assunto, as hashtags têm uma valoração singular dentro do processo de alavancagem e popularização de um conteúdo, o que se dá graças à tecnologia. Em outras palavras, a hashtag é um poderoso mecanismo de segmentação de conteúdo, que se vale da própria classificação dada pelo usuário que o produziu e/ou publicou na rede.

Nesse sentido, você deve saber que os motores de busca (como o Google) são capazes de segmentar conteúdos pesquisados com base em palavras-chave — contidas no corpo de textos, artigos etc — e outras variáveis inseridas neles. De tal modo, esse é um processo que considera todo o contexto da publicação: assunto, título, intertítulos, enfim, tudo é considerado na hora de apresentar os resultados de uma busca no Google.

Mas, afinal, com as hashtags não é assim? Saiba que não e talvez seja justamente isso que as diferencie das keywords tradicionais. Em resumo, a segmentação do conteúdo produzida por uma hashtag depende mais do usuário que a criou e não apenas do conteúdo em si. Ou seja, o comando dado após a “#” é que determinará as buscas.

Assim, por exemplo, um conteúdo que trata de marketing em seu conteúdo, poderia ser apresentado para usuários que estão discutindo sobre vinhos, caso se utilize uma hashtag do tipo “#TudoSobreVinhos” ou “#aArtedosVinhos”. Entendeu o poder que o produtor do conteúdo tem sobre a segmentação? Confira agora a importância do recurso para o Instagram.

Qual a importância das hashtags para o Instagram?

As hashtags são elementos indispensáveis para o sucesso de uma estratégia de marketing no Instagram. Isso porque, além de facilitar a navegação dos usuários, elas ajudam a aumentar o alcance e a audiência de uma publicação.

Dessa maneira, um número maior de pessoas poderá ser impactado por uma mensagem, aumentando o número de curtidas (os famosos likese de seguidores, além de gerar novas oportunidades de negócios para qualquer organização. Além disso, como dito no tópico anterior, as hashtags dão total liberdade para o criador de conteúdo fazer com que suas publicações sejam engajadas com as discussões que ele acha mais pertinentes.

Isso permite maior atratividade das publicações, pois serão contextualizadas exatamente como o criador deseja, tendo maior impacto para a sua estratégia de marketing. Isso, claro, se as hashtags forem bem escolhidas e utilizadas.

Quando utilizar hashtags?

Tendo em vista que essa pode ser uma dúvida comum na hora de utilizar a ferramenta, ter a resposta para ela é o primeiro passo para potencializar as hashtags e, consequentemente, as suas vendas. Afinal, uma hashtag bem elaborada ajuda a expor a sua marca para públicos mais amplos, assim como para públicos mais específicos e com maior potencial de se tornarem clientes.

Sendo assim, o momento ideal para utilizar hashtags depende da sua necessidade. Se você deseja prospectar novos clientes e divulgar algum serviço ou produto, por exemplo, as hashtags podem facilitar a interação com o público certo.

Por outro lado, se sua intenção é falar com aquele público que já interage com você, tendo um vínculo estabelecido, não há tanta necessidade de hashtags, até porque esses indivíduos certamente já são seguidores ativos no seu Instagram.

Como escolher boas hashtags para minhas publicações no Instagram?

Para criar hashtags eficientes, capazes de atrair a atenção dos visitantes e aumentar a audiência de suas publicações no Instagram, é muito importante que você siga uma série de boas práticas, indispensáveis para a construção de sua imagem nessa rede social. Entre as boas práticas desse mercado, podemos destacar 11 dicas de ouro:

1. Faça uma boa pesquisa de palavras-chave

Além de ajudar sua empresa em sua estratégia de SEO e links patrocinados, as palavras-chave podem ser boas fontes de inspiração para você escolher hashtags eficientes para suas publicações no Instagram.

Por isso, antes de publicar, faça uma pesquisa no Instagram e identifique quais hashtags relacionadas às suas palavras-chave são mais usadas por seus clientes. Não tenha dúvida: uma ação simples como essa pode ajudá-lo a aumentar o alcance de suas publicações, atraindo mais seguidores, likes e ajudando a aumentar as suas vendas no Instagram.

2. Não escreva hashtags longas demais

Apesar de parecer uma boa ideia, um dos erros mais comuns é escolher hashtags longas demais, que explicam em detalhes o que está sendo exibido em sua publicação. Além de dificultar a leitura de seus clientes, hashtags muito longas são difíceis de memorizar, impedindo que outras pessoas também as utilizem em suas publicações.

Por isso, seja breve, priorize hashtags curtas e que vão direto ao assunto. Com isso em mente, use no máximo três palavras na hora de criar suas hashtags, não esquecendo de que a primeira letra de cada palavra deve ser maiúscula, como #NesteExemplo.

3. Evite usar hashtags para cada palavra de seu texto

Assim que compreendem a importância de escolher hashtags curtas para suas publicações no Instagram, muitas pessoas acabam cometendo outro erro bastante comum, que é usar uma hashtag para cada palavra de sua publicação.

Fazer isso pode prejudicar todo o sucesso de sua campanha no Instagram, pois essa é uma prática que torna seu texto confuso, dificultando a compreensão da mensagem que sua empresa deseja transmitir, #afinal #ler #um #texto #com #tantas #hashtags #pode #ser #bem #cansativo.

Além disso, essa prática é considerada spam, prejudicando a imagem de sua organização. O ideal é que você use o menor número possível de hashtags em suas publicações, não ultrapassando o limite de quatro.

4. Escolha as hashtags mais populares no momento

As hashtags podem ajudar suas publicações a alcançar um número maior de usuários do Instagram, aumentando o impacto de suas mensagens e, assim, o seu número de seguidores. Por esse motivo, é muito importante que você pesquise quais são as hashtags mais populares no momento, ou seja, as mais buscadas e usadas por várias pessoas ao mesmo tempo.

Usando hashtags populares, suas publicações poderão ter mais visualizações, ajudando sua empresa a viralizar suas mensagens, conquistando resultados ainda melhores na rede. Hoje, já existem diversos sites especializados no monitoramento de tags pelas redes sociais. Tais sites permitem realizar buscas por assuntos, o que otimiza o processo de identificação de hashtags que sejam compatíveis com a sua necessidade.

Mas lembre-se: de nada adianta escolher hashtags desconhecidas, que não sejam usadas nas publicações de outros usuários, pois isso não fará diferença alguma em suas publicações.

5. Use hashtags que tenham relação direta com seu post

Agora que você já sabe qual a importância de escolher hashtags populares para suas publicações no Instagram, ainda há quem use hashtags que não tenham nenhuma relação com a publicação. Fazendo isso, você pode transmitir a ideia de que sua empresa está desesperada para atrair atenção do público, a ponto de usar hashtags aleatórias para atrair a atenção.

Além disso, outro prejuízo dessa prática é que você vai atrair pessoas que não estão interessadas no material que você está oferecendo, diminuindo a eficiência de sua mensagem. Ou, pior, poderá fazer com que os seus clientes se sintam enganados, o que é ainda mais prejudicial para sua imagem.

Na hora de escolher hashtags, portanto, priorize aquelas que tenham alguma relação com sua publicação, sendo capazes de gerar tráfego qualificado e garantir o sucesso de sua estratégia.

6. Crie uma hashtag para sua empresa

Sua empresa está organizando um evento ou programando o lançamento de um produto ou serviço? Uma boa estratégia para melhorar a sua divulgação é criar uma hashtag para o empreendimento, usando essa oportunidade para se destacar e atrair a atenção de seus clientes.

Mais do que divulgar sua empresa ou evento, criar uma hashtag exclusiva para o seu empreendimento pode ser uma boa maneira de medir o engajamento de seus clientes com suas publicações.

É importante ressaltar que, embora essa seja uma estratégia muito positiva, não é uma tarefa simples. Em um universo de milhões de usuários, criar uma hashtag exclusiva e que seja capaz de remeter ao seu negócio pode ser bastante trabalhoso.

Aqui, dizer para ser criativo não ajudará muito, não é mesmo? De qualquer forma, pensar em algo que aborde a sua área de atuação e ao mesmo tempo uma característica específica da sua empresa pode ajudar no processo de personalização de uma hashtag.

7. Não ignore a ortografia correta das palavras

Outro detalhe importante para garantir o sucesso de sua estratégia de promoção no Instagram é a ortografia utilizada em suas hashtags. Pode até parecer besteira, mas uma simples letra fora de lugar pode prejudicar o alcance de suas publicações, influenciando negativamente nos resultados esperados.

Por isso, antes de realizar sua publicação, confira se as palavras estão escritas corretamente e se não há erros de ortografia. A atenção deve ser redobrada nas hashtags escritas em outros idiomas, como o inglês.

8. Use a barra de buscas do Instagram

Uma medida simples e rápida, mas que pode ajudar bastante na definição de uma hashtag é a utilização do buscador do próprio Instagram. Se você já tem em mente onde deseja inserir o seu conteúdo, é interessante recorrer ao buscador, utilizando palavras relacionadas ao tema da sua publicação para conseguir visualizar as hashtags mais usadas para o tema.

Assim, é possível obter um norte, já que é apresentada a quantidade de vezes que a hashtag foi utilizada. Contudo, é importante mencionar que você deve ter cuidado, pois nem sempre as hashtags mais populares proporcionarão a visibilidade desejada. Nesse caso, como o fluxo de publicações é muito grande, pode ocorrer do seu conteúdo se perder em meio a tantos outros.

9. Se insira nas discussões

Comumente as hashtags estão associadas a temas em alta na internet. Nessas horas, elas são verdadeiros “points” de opiniões — semelhante àquele bar no qual todos costumam se encontrar na sexta-feira após o expediente. Então, por que não observar o que está sendo debatido naquele ambiente? Assim como no bar, na internet isso facilitará a sua inserção e posterior interação, já que está a par do assunto discutido.

Essa estratégia pode ser altamente eficaz, por exemplo, na hora de criar um conteúdo novo. Ao saber o que está sendo discutido na sua área de atuação ou em áreas afins, você pode elaborar publicações voltadas para essas discussões, facilitando o engajamento do público.

10. Não abuse da quantidade de hashtags

Você certamente já se deparou com publicações com uma lista infinita de hashtags ao acessar suas redes sociais. Essa é uma prática comum, porém muito prejudicial para a qualificação de um conteúdo. Muitos usuários acreditam que quanto mais hashtags, mais longe irá o seu post, o que não é bem verdade.

Ou seja, na hora de empregar suas hashtags, evite exagerar na quantidade. Nessa prática, é preferível ser estratégico a ser inconveniente e ser considerado um spammer. Ainda que não exista uma quantidade ideal de hashtags, já que depende muito do tempo de conteúdo e público, usualmente, recomenda-se algo em torno de três.

11. Alinhe as hashtags à sua proposta e público-alvo

Essa é uma dica um pouco óbvia, mas que sempre vale a pena ser mencionada, afinal, ela tem impacto direto sobre a repercussão de uma publicação. Desse modo, sempre que pensar em disparar um conteúdo contendo hashtags, busque alinhar a proposta da estratégia ao público-alvo.

Pode acontecer de você não ter em mente um público específico — o que é normal. Porém, é preciso de alguns recortes mínimos. Você precisa saber, pelo menos, com quem não falar. Assim fica mais fácil direcionar suas hashtags.

Em suma, saber como escolher as melhores hashtags no Instagram não é uma tarefa fácil. Contudo, seguindo as dicas e cuidados que mostramos neste post, você será capaz de fazê-lo sem dificuldades, permitindo que a mensagem de sua empresa alcance um número maior de pessoas e influenciando diretamente no sucesso de sua organização.

Agora que você já conhece o caminho para a seleção de boas hashtags, compartilhe conosco as suas impressões sobre o tema. Deixe seu comentário abaixo!