Instagram Creator Shop: um novo marketplace para influencers

Instagram Creator Shop: um novo marketplace para influencers

por Ana Tereza Moraes

Publicado em 10 de maio de 2021

Os criadores de conteúdo pro Instagram vão ganhar mais um recurso especial na plataforma, dessa vez voltado para venda e parceria com marcas: a Creator Shop.

Em uma Live realizada no fim de abril, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, e o Head do Instagram, Adam Mosseri, anunciaram que a rede social deve ganhar uma seção especial chamada Creators Shop. A ideia é que a novidade funcione como um espaço de comércio de afiliados dentro da plataforma.

Vem entender tudo que sabemos até agora sobre a novidade, como isso pode ajudar na monetização para os criadores de conteúdo e o que esse investimento pode significar para o Instagram 👀 Se você já é criador ou pretende começar a investir no Instagram, continua lendo pra sair na frente assim que a Creator Shop for lançada!

O que é a Creator Shop

Ainda não foram revelados tantos detalhes sobre a novidade nem as especificações de como ela deve funcionar, mas o que já sabemos é que a Creator Shop será uma nova aba para o perfil dos criadores de conteúdo (como acontece com as Guias, Reels e IGTV).

Creator Shops

A proposta é parecida com o Instagram Shopping, onde o usuário pode cadastrar e vender seus produtos, mas, nesse caso, é mais voltada para a venda afiliada (vamos explicar mais sobre isso no próximo tópico!). Em outras palavras, os criadores e influenciadores vão poder cadastrar os produtos das marcas com as quais fecharem parcerias e ganhar uma comissão direta sobre cada venda feita pelo seu perfil.

Comércio de afiliados

O mercado de afiliados tem crescido muito nos últimos anos e o Instagram, como sempre, não quis ficar de fora dessa tendência.

Os programas de afiliados não são exatamente uma novidade, mas se popularizaram na internet por serem uma alternativa viável pra quem busca uma renda extra mas ainda não tem como abrir seu próprio negócio.

Basicamente, funciona da seguinte forma: uma pessoa se cadastra em alguma plataforma ou canal de vendas para se tornar revendedor de um produto digital (os chamados infoprodutos) de terceiros e ganha um percentual sobre isso.

A ideia é muito parecida com o que as revendedoras de cosméticos fazem com suas revistas divulgando os catálogos de cosméticos e fazendo encomendas. A maior diferença é que, nesse caso, é tudo feito online.

Atualmente, não é possível vender serviços ou produtos digitais através do Instagram Shopping, mas o anúncio de Mark Zuckerberg sobre querer investir mais no ramo de afiliados mostra que a rede social deve abrir esse caminho para a monetização dentro da plataforma em breve.

Aproximando marcas e influenciadores

Na Live, o Head do Instagram, Adam Mosseri, também contou que a rede social pretende facilitar o match entre influenciadores e marcas, uma proposta parecida com o que o TikTok já faz com o seu Creator Marketplace.

Segundo Mosseri, o Instagram quer ajudar as marcas a mapearem mais influenciadores que tenham o fit ideal com as suas marcas pra fechar parcerias com melhores resultados na plataforma e ajudar na descoberta de novos nomes para esse mercado.

E o foco é especialmente nos criadores considerados “emergentes”, segundo Mark Zuckerberg, que seriam aqueles nomes que talvez ainda não estejam sendo notados pelas marcas, mas que possuem bom engajamento e o público certo para garantir bons resultados.

O Instagram como marketplace

Nas previsões que fizemos para o Instagram em 2021, já tínhamos comentado a possibilidade da rede social aprimorar cada vez mais seus recursos comerciais e investir na plataforma como um marketplace de peso.

De lá pra cá, entre outras novidades, vimos o Instagram Checkout começar a ser lançado em alguns países, permitindo que os usuários naveguem na seção de produtos, montem seu carrinho e concluam suas compras tudo através do Instagram Shopping, sem precisar sair do app para outros sites.

O Instagram também fez outras atualizações menores, mas significativas para melhorar a experiência de compra e venda dentro do app, tanto para as Lojas cadastradas quanto para os usuários que buscam novos produtos. É o caso das Guias de Produto e das Coleções.

O que mais você acha que vem por aí? 🤔

Comenta aqui quais são seus palpites ou o que você gostaria de ver de novos recursos comerciais no Instagram!